segunda-feira, 2 de novembro de 2009

NX Zero revela seus segredos

Na última terça, o D+ esteve onde muita gente gostaria: frente a frente com o NX Zero. Na verdade, com Di, Dani e Fi. O trânsito de São Paulo não permitiu que Gee e Caco chegassem a tempo para a entrevista, a primeira de 15 marcadas para aquele dia. O bate-papo rolou na Universal Music, no Paraíso.

Dani tomava remédio para gripe, quando Di entrou na sala. Tinha chegado do Rio onde estava com a namorada, a atriz Mariana Rios. Antes, mandou twitts para informar aos fãs o que estava fazendo. "Viciei nisso", diz. Fi chegou minutos depois da primeira pergunta sobre como definem Sete Chaves? Quer saber a resposta? Confira a entrevista.

D+: Como definem Sete Chaves (o quarto CD da banda, com 14 faixas)?
DANI: Depois de três meses de preparação, a expectativa era absurda para o lançamento. Foi tudo programado.
DI: Quisemos nos reiventar e isso foi natural. Fizemos tudo muito unidos. Cada instrumento tem personalidade (com direito a solo de guitarra). É barulheira, rock''n''roll. O trabalho está maduro, mais agressivo, com liberdade musical. Quando assinamos contrato, tínhamos 18 anos. Aprendemos, inclusive, a não expor a vida pessoal.

D+: Por que um cadeado com engrenagens para ilustrar a capa?
DANI: Porque queríamos passar a ideia de segredo. O objetivo é que se desvende cada música, aos poucos.
DI: As engrenagens são uma homenagem para os fãs e para a galera que trabalha com a gente. São eles que movem as engrenagens do NX Zero.

D+: O que a canção de trabalho Espero a Minha Vez (faixa três) quer transmitir?
DI: Fala de coisas que passamos durante os oito anos de banda. Foi uma batalha chegar até aqui e é uma batalha maior para nos manter. Seguimos nosso sonho, apesar de algumas pessoas terem dito que não ia dar certo.

D+: O que é Insubstituível (faixa 4)?
DI: A NX Zero, que é mais do que uma banda. Fazemos tudo juntos. O que a gente é a gente toca. Não somos diferentes dali de cima do palco.

D+: Já tiveram de Zerar e Recomeçar (faixa 6) alguma coisa na vida?
FI: Muitas, sempre. Cada CD é um recomeço. É preciso parar e pensar antes.

D+: É complicado trabalhar sob pressão para ter sempre novos projetos?
DANI: A pressão estimula a ter ideias e a pensar em coisas legais.
DI: Confidencial (faixa 8), por exemplo, não saía de jeito nenhum. Daí conversei com o Dani e terminamos juntos.

Quer conferir o resto da entrevista? Clique AQUI
Clique AQUI e assista a entrevista

3 comentários:

simone disse...

PARABNS PELO SEU NOVO CD TI DESEJO MUITO SUCESSO BEIJOSSSSSSSS PARA TODOS

YASMIN disse...

Parabéns pelo novo trabalho, já sei quase todas as músicas..

as músicas q mais me deixaram emocionada foi Eu espero a minha vez e Só rezo..

Eu chorei quando ouvi as duas pq lembrei de que não posso desisti do meu sonho q é conhecer vcs...


Já briguei tanto com meus pais para poder ir num show de vcs mais meu pai é daqueles pão duro sksks..

Di fiquei sabendo q vx ta namorando com Mariana Rios, que por conhecidencia sks na novela malhção ela fazia o papel da Yasmin q é meu nome.. Desejo felicidade a vcs e q esse namoro dure viu, ao Dani tbm com Pitty, a namorada do Gee, mais tem um problema não sei o nome dela ou c o Caco e o Fi ta namorando..


msm assim "cedo ou tarde agente vai c encontrar", bj Nx DESEJO MUITA SORTE NESSA NOVA ATAPA Q VCS ESTÃO VIVENDO...

ghazzi nx disse...

O CD ESTAR D+...
ASSIM CM VCS, AMO MUITO O NX
BJOSSSSS